sábado, 5 de julho de 2008

Luxação Patelar

Existem diversos links sobre o assunto explicando o que é, os níveis, possíveis causas e etc.

Vamos ao que interessa...

Por que começou?

Eu sou um cão-danado!

Meus pais acham que por eu subir e descer de sofás e cama na velocidade de um raio, viver correndo e dar pulos de onde eu estiver, não me importando se tem 10 cm ou 1,5 metros de altura e até 2 metros de distância, eu me ferrei todo. Um agility-doméstico. Se fosse humano diriam que eu vivia “cheirado”.

Quando começou?

Minha mãe notou em agosto de 2007, que eu estava mancando um pouquinho. Diminuindo as caminhadas, houve uma pequena melhora, mas em outubro voltou com força total. Vamos então aos ortopedistas.

Os profissionais e os diagnósticos:

Procuramos indicações dos mais conhecidos, do Rio de Janeiro. Um disse que o mais indicado de início seria tentar não operar e fazer os tratamentos abaixo e se não desse certo operaria, mas com pouquíssimas chances de sucesso (ponto muito positivo em não querer meter a faca “de cara”, mas pecou pelo negativismo).

O outro só no toque disse que estava com todos os ligamentos estourados e tinha que operar sem sobra de dúvida e que teria 100% de sucesso.

Caraca! Nem com os dedos de quem lê braile há 1000 anos dá prá saber tudo isso. E em cirurgia, 100% é um percentual que não existe. Descartado na hora. Passar bem!!!

Os tratamentos:

* Acupuntura (10 sessões) = Melhorava muito no dia, piorava um pouco no dia seguinte e ficava a mesma porcaria de sempre já no 3º dia.

* Fisioterapia = Um baita saco fazer com resultados pífios.

Vou então operar com o primeiro mas, um cachorro vizinho foi atropelado e um veterinário reconstruiu a perna do bichinho Ficou melhor do que era. Nem manca. Nós vimos. Vamos nele!

Diagnóstico do “profissa”.

Tem que operar? - SIM!

Tem sucesso? - Em medicina nada é 100%, mas no nível que ele está (de 1 para 2) é quase certo dar tudo bem.

Dói muito? - Pode doer, mas nenhum que eu operei sentiu dor.

Tem que fazer fisioterapia depois? - Talvez, mas raramente.

Futuquei mais um pouco e fiquei sabendo que ele dá aula na UFRJ. Assim como o primeiro, ponto muito positivo.

Operei em 23/junho. Ainda estou de muleta (total serão de 15 dias). De acordo com o vet, tudo acorreu muito bem e como dito, talvez não precise mesmo de fisioterapia. Dói depois? - Nem um pouco. Um pouco magoado no primeiro dia.

Grana: Acho que depende do bairro. Uma cirurgia destas vai de R$ 500,00 até R$ 900,00, só de honorários.

Técnica utilizada: Luxação patelar é uma caixinha de surpresa. Só na hora é que se constata a extensão do dano e o que será feito. No meu caso, foi passado um fio de aço na frente e laçado por trás, explicando a grosso modo.

Pós-operatório:

Quase 48 horas sem fazer cocô e 1 dia sem mijar. Insegurança de como fazer com esta porcaria de muleta; mas não tem jeito, ou sai ou me afogo por dentro.

Na 1ª vez minha mãe segurou a “poia” enquanto eu me abaixava, ou levantava a perna, para mostrar que eu não iria me esborrachar no chão. Água de coco e mamão sempre ajudam nestas horas.

Pode passear? Pode, se muito, dar uns 10 passinhos só prá não dizerem que sou preguiçoso; e mudar de hábito de uma hora para outra, pira qualquer cachorro.

Muletinha trocada de 4 em 4 dias (troca de esparadrapo). Vocês estão vendo um calcinho de borracha? Pois é! Isto é uma borracha usada para proteger pés-de-mesa e NÃO acompanha a muleta e faz toda a diferença colocar uma para dar firmeza ao andar (patenteada pelo meu pai).

Como evitar, ou retardar, tudo isso?

Pelo preço emocional pago pelos meus pais, e físico por mim, recomendo enfaticamente:

- Jamais deixem-nos gostar de sofá. Se não tiver jeito, não deixe a gente se jogar no espaço para descer. Tapetes e ceras antiderrapantes são recomendados.

- Pugs andam sem parar por 10 minutos, ou parando por no máximo 30.

- E façam tudo para que não engordemos. Pugs são pequenos, mas com peso de médios.

Afastado do futebol Europeu...temporariamente









Quando operamos os olhos, ganhamos de brinde estes "lindos" e "confortáveis" adornos para o pescoço

Mamy é linda !!!

Passeando e fugindo de carrapatos





sábado, 4 de agosto de 2007

Mamy e eu agachados fazendo coco na rua.
Naooooooooo!!!!! Errei de foto. Depois eu mostro essa.
Nesta a Mamy esta mostrando como gente educada evita que outros levem lembrancinhas minhas no sapato.



Passeios





Entorpecido de carinho


quarta-feira, 25 de julho de 2007

Meu "pedigrinho" para as namoradas conferirem

Papai: Artaud Baush Pablo Picasso
Mamãe: Happy Pugs Atena
Avós: Bowtie's OH NO Mr Bill Live
Nabuco's Pina Baush
El Tukzar's Misty
Nabuco's Beauty Bia
Bisavós: Mianda's Southern Comfort
Rosanna Danna from Mianda
Baker Street Inspector Lestrade
Nabuco's Minnie Mouse
Chang Lin Von Das Hund Klaus
Golden Gate's Fancy Boots
Double D dreaming Of A dance
Von Yarbin Loaha

De foto mesmo, só encontrei estas do meu bisavô Baker Street Inspector Lestrade.













Recado para as meninas! Como podem ler, tenho um monte de "Nabucos" na família. Façam fila, por favor e sem empurrar que eu atendo a todas.

sexta-feira, 25 de maio de 2007